Encerramento da “X Mostra Regional de Banana” Madalena do Mar

X Mostra Regional de Banana

“A Empresa de Gestão do Sector da Banana (GESBA) vai aumentar o preço da produção que é pago aos agricultores. Nos meses de Verão, entre Maio e Outubro, esse aumento será de um cêntimo por cada quilo de banana entregue à GESBA, já nos meses de Inverno, de Novembro a Abril o preço sobe para dois cêntimos.
O anúncio foi feito, ontem, pelo secretário regional do Ambiente e dos Recursos Naturais, Manuel António Correia, aquando da sua visita à X Mostra Regional de Banana, que ontem terminou na Madalena do Mar.

O governante revelou que os novos preços entrarão em vigor já no próximo mês de Setembro com a banana a ser paga a um cêntimo, sendo que no mês de Novembro aumenta para os dois cêntimos, altura «em que é preciso estimular mais a produção, porque há uma relação da procura muito superior à oferta». Neste momento, a média do preço das três categorias de banana que são vendidas à GESBA estão nos 60 cêntimos.

No ano passado, a Secretaria já tinha aumentado o preço da banana entregue à GESBA «e este é o segundo aumento num tempo reduzido e num cenário onde a inflacção quase não existe e isso deve-se ao excelente trabalho dos agricultores», salientou o secretário regional. A prova, segundo Manuel António, é que mesmo com o temporal, os produtores conseguiram apanhar mais um milhão de quilos no primeiro semestre, comparativamente ao período homólogo de 2009.
No entanto, o aumento do preço da produção também deve-se à gestão da GESBA, «que tem permitido reduzir custos, aumentar proveitos, pagar aos fornecedores e aos agricultores de 15 em 15 dias», esclareceu o governante. Portanto, para Manuel António «este é um sector que dá lucro». No período das cooperativas havia prejuízos e atrasos no pagamento aos agricultores e é pelo facto de a GESBA ter herdado essas dívidas que impede um aumento ainda maior aos agricultores.
Perante as pessoas que estavam na festa da banana, Manuel António prometeu que a produção de banana é uma garantia de futuro, por isso apelou à produção da mesma. A provar que este é um sector em crescendo, o governante revelou que o Centro de Bananicultura do Lugar de Baixo triplicou o número de plantas cedidas aos agricultores. Em 2004, foram cedidas 3.400 plantas, em 2009 foram disponibilizadas 10.700, «e isso significa que nos próximos anos a produção vai aumentar e ainda bem».

Rui Marques deixa resposta aos mais críticos

«É preciso valorizar o produto»

X Mostra Regional de Banana

«Enquanto que para muitos esta festa é um despesa, para outros é a valorização de um dos produtos mais importantes para a economia da Madeira e é uma fonte de rendimento para muitos agricultores». A resposta veio do presidente da autarquia da Ponta do Sol, Rui Marques, relativamente a partidos da oposição que criticaram a realização da festa. O autarca, que falava no encerramento da X Mostra Regional de Banana, disse que aquele evento é importante, porque «é preciso valorizar o produto» e fazer uma pequena homenagem aos produtores. Alguns destes viram os seus terrenos atingidos pelo temporal, mas a Secretaria Regional do Ambiente e dos Recursos Naturais revelou que o apoio já chegou a 270 agricultores, no valor de 170 mil euros.

Segundo Rui Marques, «isto é muito importante para dinamizar a produção».

Além da mostra de banana, a festa teve também demonstrações gastronómicas em que a banana foi o ingrediente principal. O chefe executivo da Quinta do Monte, Maurício Gonçalves, apresentou um “shot” de creme de banana com trave a gengibre e mini chamuça pingada de chocolate com crocante de banana. Esta iguaria poderá ser incluída no novo cardápio da cadeia Charming Hotels, onde grande parte dos clientes procura os produtos regionais e biológicos”.
Fonte: JM 19/07/2010
Texto: Marília Dantas

Advertisements

%d bloggers like this: