AD Pontassolense arrancou para a época 09/10

PS_129688A AD Pontassolense iniciou ontem à tarde no Campo dos Canhas a nova temporada da equipa sénior.
Uma época onde a equipa de Vítor Miguel, o técnico que transita da época anterior, que recebe um novo membro, o preparador-físico ex-ribeirabravense Filipe Neto, quer solidificar um estatuto que vem mantendo nas últimas épocas.

O plantel ainda está sujeito a algumas alterações, nomeadamente a entrada de um guarda-redes para rivalizar com Carin o futuro das balizas do oeste.

Vítor Pereira, agora investido nas funções de director-desportivo, pendurou as botas e vai, pela certa, escolher um elemento de valor para esse posto específico. Existem outros elementos que acabaram por ser determinantes nos sucessos que a equipa obteve nos “últimos” tempos.

É inegável a utilidade e grande qualidade de Mário Rondon (Paços de Ferreira), Diego Mourão (Aves), Adriano (Portimonense) ou o polivalente Paulo Pereira (CF União), sem esquecer Totta, Hélder, Zeca com futuro (ainda) incerto ou mesmo o central Correia.

Se as saídas são um facto consumado há a registar as entradas de alguns reforços. Rui Manuel (ex-Caniçal) e José Pedro (ex-UD Santana) jogam num plano defensivo mas oferecem uma certa polivalência.

Cassiano volta aos Canhas, desta vez para ficar, uma vez que ali esteve anteriormente para realizar testes, acabando, na época, por ser reprovado. O concorrente Dário é outro lateral que traz alguma raça à equipa, o mesmo se pensando de João Monteiro (ex-Real). Vítor Hugo é o reforço mais sonante para a linha intermediária e o que o Pontassolense deseja é que iguale ou supere a excelente temporada desenvolvida na Camacha, promovendo, a outro nível, o regresso do madeirense e ex-nacionalista Gonçalo à Madeira, após uma passagem pelo Penalva do Castelo.

PS_290709Na linha de ataque estão confirmados a juventude e a qualidade do ex-maritimista Pedro Graça bem como Bruno Gonçalves, um jogador mais vocacionado para a finalização.

Queremos incomodar os da frente”

Projectar as ideias num plano mais concreto só lá mais para a frente, quando se souber em termos práticos com tudo aquilo que se irá contar. Não só com as situações que ainda faltam resolver na sua AD Pontassolense, como também aferir o que pode acontecer com a presença do Estrela da Amadora bem como de outros emblemas que nesta fase parecem estar bem lançados na composição dos plantéis como o Pinhalnovense.

Não há, no entender do técnico Vítor Miguel, que transita da época anterior, lugar a subidas, não deixando, contudo de referir que a ambição, essa, estará sempre presente no grupo, que terá valor e competência para “incomodar os da frente. Vamos fazer todos os possíveis para andar sempre na metade superior da tabela”, referiu. A mudança para a Zona Sul, na sua opinião, pode trazer outro tipo de problemas com Vítor Miguel a entender “haver mais qualidade. Quem não a tiver terá certamente mais problemas”.

No mais, refere, o Pontassolense quer vencer “o maior número possível de jogos em casa, bem como pontuar muito fora”, entendendo que os encontros nos Canhas podem ser determinantes para acumular os pontos necessários que assegurem a tranquilidade matemática na classificação.

Avançado Bruno quer relançar-se

Bruno Gonçalves é avançado e foi uma das novas caras que ontem estiveram nos Canhas, proveniente do Juventude de Évora. Diz não estar a fazer muitos golos nos últimos tempos mas diz estar na Madeira com toda a moral “para relançar a carreira”. Realizou a formação no Vitória de Setúbal, fez mesmo parte da equipa sénior mas agora o desafio passa pelo Pontassolense, ajudando-o nos objectivos. A grave lesão, refere, é passado.

Monteiro para a lateral-esquerda

Tem menos um ano (23) que Bruno Gonçalves, veio do Real Massamá e diz estar preparado para efectuar uma boa temporada e ajudar o Pontassolense a conseguir os seus objectivos. “Quero evoluir aqui”, disse João Monteiro que não quis comentar quem partilha a ideia de que a Zona Sul oferece mais qualidade. “Não sei, tenho jogado apenas no Sul”, denunciou. A outro nível projecta a ideia de trabalhar pelo colectivo, melhorando igualmente a sua prestação.

Plantel
Treinadores: Vítor Miguel e Filipe Neto (adjunto).
Jogadores: Carin, Pedro Barros, Fábio Mariano, Rui Manuel (ex-Caniçal), Carlo, Dário (ex-União), José Pedro (ex-Santana), Cassiano (ex-1.º de Maio), João Monteiro (ex-Real), Vítor Hugo (ex-Camacha), Ruben Pereira, Da Silva, Valter, Gonçalo (ex-Penalva do Castelo), Dinarte, Gleibson, Valter, Pedro Graça (ex-Marítimo), Bruno Abreu, Marquinhos, e Bruno Gonçalves (ex-Juventude de Évora).

Advertisements

%d bloggers like this: