Inauguração do novo jardim municipal na Vila da Ponta do Sol

jardimmunicipal2009O centro da vila da Ponta do Sol tem desde ontem, um novo jardim municipal, um parque infantil e um estacionamento automóvel com capacidade para 84 lugares. As infraestruturas localizam-se na Avenida do Quinto Centenário, numa área de 2.767.5 metros quadrados. Foram disponibilizadas áreas verdes, de lazer e convívio, com diversas árvores e mobiliário de jardim, para além de uma zona pedonal junto à ribeira. O espaço está equipado com bar/esplanada e sanitários. Existem, ainda, dois quiosques, um dos quais, para o comércio do artesanato local. A Câmara Municipal vai divulgar, posteriormente, que função irá dar ao segundo espaço. No local existe, ainda, um bar de apoio e uma praça de táxis. As obras ascenderam a um milhão e 650 mil euros, 70% dos quais, foram financiados pela UE, 25% pelo Governo Regional e 5% pela Câmara Municipal da Ponta do Sol.

Na oportunidade, o presidente do Governo manifestou a confiança política que tem no presidente da Câmara da Ponta do Sol porque, nestes 170309psolúltimos quatro anos, “deu o exemplo de como se deve ser autarca e liderar um concelho”, de maneira que “espero estar aqui ao seu lado na próxima campanha para próximo presidente da Câmara”. Jardim, por outro lado, elogiou as novas infraestruturas que classificou de modernas e com “bom gosto” porque se conciliou uma zona de lazer, o enquadramento paisagístico, a arquitectura e a noção de espaço. As obras localizadas junto à rotunda da vila foram, também, enaltecidas pelo autarca pontassolense, o qual garantiu que sem o apoio do Governo Regional, não teria sido possível realizar este e outros investimentos, que têm contribuído para o “progresso e desenvolvimento do concelho”. Rui Marques salientou que esta colaboração tem permitido resolver os problemas do concelho, apesar de existirem algumas dificuldades financeiras que, segundo disse, se devem ao governo socialista.

O edil apontou o dedo ao primeiro-ministro, que “não tem sido um bom pai para o país” porque “para alguns, e estou-me a referir aos Açores e ao continente, tem um peso e para a Madeira tem outro” disse, ao ironizar que “ainda bem que não tenho um pai assim”. Em ano de eleições, Rui Marques apelou ao voto, tendo afirmado que o Governo Regional tem sido igual para todos, quando outros são capazes de cortar verbas. Na oportunidade, o autarca anunciou que a Câmara está a ultimar o Plano de Urbanização para aquela vila, que tem início na rotunda e termina junto ao antigo matadouro, o qual tem em conta futuros investimentos.
Fonte: JM 17/03/09

Anúncios

%d bloggers like this: