Câmara da Ponta do Sol dá 385 mil euros a 13 instituições

A distribuição de mais 385 mil euros em subsídios por 13 instituições, quase todas locais, dominou a primeira reunião da vereação na Câmara da Ponta do Sol em 2009. Apesar de todo o dinheiro proposto ter sido aprovado, a sua distribuição nem sempre mereceu a concordância da oposição socialista.

A falta de consenso verificou-se na proposta de contrato-programa de quase 80 mil euros entre a Câmara Municipal e a Associação Desportiva Pontassolense. O duo socialista votou contra, não impedindo que o mesmo fosse aprovado pelo trio que representa a maioria social-democrata. O mesmo aconteceu com a proposta de atribuição de 168 mil euros de subsídios a diversas outras instituições.

A Casa do Povo da Ponta do Sol fica com a ‘maior fatia’ do bolo financeiro, quase 40 mil euros. Depois, com 30 mil euros, aparece a Fundação João Pereira, que desenvolve um importante papel social. O Clube de Ténis de Mesa da Ponta do Sol vem a seguir, com 24 mil euros, e um pouco atrás, com quase 21 mil euros, surge a Banda Municipal da Ponta do Sol. Logo abaixo da ‘fasquia’ dos 20 mil, surge o Grupo de Folclore da Ponta do Sol, sendo precedido pelo Iate Clube da Ponta do Sol, que receberá pouco mais de 17 mil euros, enquanto a Associação Cultural e Recreativa Pontassolense é contemplada com uma verba que ascende aos 15 mil euros. Por último, a grande distância dos restantes, a autarquia pontassolense contemplou ainda a Academia de Combate da Madeira, com 2.100 euros, pela actividade desenvolvida no concelho.

Apoio extraordinário às Juntas

Consensual foi a concessão de apoio financeiro extraordinário às três Juntas de Freguesia do município da Ponta do Sol, num total de 135 mil euros. A Junta de Freguesia sede de concelho receberá 50 mil euros. Atrás surge a Junta dos Canhas, com 45 mil, e, por último, a Madalena do Mar, com 40 mil euros. O mesmo se verificou quanto aos cerca de 100 mil euros de apoio financeiro a entregar à Associação de Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava. Ainda no que concerne a subsídios, foram aprovados, tanto pelo PSD como pelo PS, outros três pedidos. Um dos quais de apoio social para cuidados de saúde a uma munícipe, no valor de 750 euros.

A Associação de Voo Livre da Madeira, que por ocasião da semana do concelho desenvolve actividades na Ponta do Sol, vai também receber 1.500 euros, sendo ainda concedidas duas ajudas de cem euros cada para a tradicional Queima das Fitas.

PSD propõe ‘pesar’ a socialista

No período de antes da ordem do dia, um voto de pesar pelo falecimento do ex-dirigente socialista João da Conceição que, além de ter ligações familiares ao concelho, foi autor do projecto dos edifícios públicos da Biblioteca Municipal e Junta de Freguesia da Ponta do Sol. A proposta partiu do PSD e foi aprovada por unanimidade.

Anúncios

%d bloggers like this: