A.D. Pontassolense 1-1 Ribeirão

Pontassolense merecia o triunfo mas faltou eficácia na hora do remate 

Depois da excelente série de seis vitórias consecutivas que colocou o Pontassolense no grupo dos seis primeiros agora parece que a equipa entrou no ciclo dos empates. Contra o Ribeirão a formação de Vítor Miguel não foi além de uma igualdade a uma bola, mas por aquilo que produziu e pelas oportunidades de golo que teve bem que merecia ganhar um jogo intenso e bem disputado por duas equipas que procuraram a vitória desde o apito inicial.

O Ribeirão foi mais feliz e adiantou-se no marcador por intermédio de Rui Lopes (29) com um remate cruzado dentro da área numa jogada de insistência na sequência de um deficiente alívio da defensiva da casa. O Pontassolense foi à procura do prejuízo, mas só conseguiu minimizar os estragos à passagem dos 71 minutos quando o récem- entrado Diego empatou com um potente remate fora da área sem hipótese para Litos.

A equipa da casa só se pode queixar da falta de eficácia no remate para não regressar às vitórias porque ocasiões para o golo não faltou.

Advertisements

%d bloggers like this: