Exposição “Utensílios da Escrita” de Maria do Carmo Cunha Santos

Escrita com amor
A Sala de Exposições Temporárias do Centro Cultural John dos Passos, na Ponta do Sol, inaugurou ontem a exposição “Utensílios da Escrita”, que estará patente ao público até Setembro, entre as 9h e as 15h30. A mostra apresenta a evolução da escrita e dos objectos a ela associados ao longo dos tempos.

“A exposição “Utensílios da Escrita”, que desde ontem está patente ao público no Centro Cultural John dos Passos, na Ponta do Sol, expressa bem o amor associado aos pequenos objectos a que a arte da comunicação escrita está ligada. Em primeiro lugar, porque são, na sua maioria, recordações pessoais de Maria do Carmo Cunha Santos, responsável por esta mostra, mas também porque a visão de tais objectos suscita, principalmente nos mais idosos, recordações da meninice onde as primeiras letras foram traçadas. E esse é um caminho de ternura que a exposição propicia.

Maria do Carmo Santos explica que o quadro negro que ali se encontra pertencia ao seu marido, bem como uma minúscula máquina de escrever, que apesar de ser um brinquedo, «escrevia mesmo». Para além de tinteiros antigos, canetas de pena e uma variedade de esferográficas mais modernas, há máquinas de escrever de várias épocas e um moderno computador.

Num recanto foram colocadas as fotos de John dos Passos, Agustina Bessa Luís, João Saramago e Maria do Carmo Rodrigues, cada qual com o seu método de escrita. A título de exemplo, Agustina Bessa Luís sempre escreveu à mão, enquanto que outros dos escritores já se renderam ao computador.

Apostada em trazer à actualidade a realidade de outros tempos, Maria do Carmo Santos diz que o essencial é trazer a cultura àqueles que mais precisam: estudantes e idosos. A estes últimos em especial, visto não terem tido acesso à Cultura na sua juventude”.
JM 27/08/08

Advertisements

Etiquetas: , ,


%d bloggers like this: