Madalena do Mar luta por acesso

A população da Madalena do Mar quer que o futuro viaduto que vai ligar a Ponta do Sol e o Arco da Calheta contemple uma saída para a freguesia.

A Junta de Freguesia local e a Câmara Municipal da Ponta do Sol já fizeram esta solicitação ao Governo Regional e a população já entregou um abaixo-assinado a reivindicar este acesso, que não está previsto, aguardando neste momento uma resposta neste sentido.

Em declarações ao JORNAL da MADEIRA, a presidente da Junta de Freguesia disse que as pessoas temem que, a não haver o referido acesso, a Madalena do Mar possa ficar «esquecida» e lembra que esta é uma freguesia com algumas infra-estruturas importantes, tais como um armazém da banana, a escola, restaurantes, entre outros. «Ao fazer-se uma obra tão grande em que não há nenhum acesso, as pessoas ficam tristes», referiu a autarca local, acrescentando que «estamos a fazer todos os esforços para ver se conseguimos esta saída para a freguesia».

Numa altura em que a fixação dos jovens na freguesia é uma das grandes preocupações da Junta, Sandra Teixeira sustenta que o referido acesso iria facilitar a deslocação daqueles que trabalham fora da freguesia.

Por outro lado, a responsável afirma que há vários jovens a emigrar, sendo que um dos objectivos deste órgão de poder local passa por uma aposta na formação e na tentativa de criação de mais postos de trabalho. A vertente da formação irá ser melhorada com a construção do Centro Paroquial — previsto no Programa de Governo — que, além de um centro de dia, irá contemplar um centro de formação. «Vamos tentar fazer com que as pessoas fiquem mais na freguesia e não vão procurar tanto fora», adiantou Sandra Teixeira, acrescentando que «vamos tentar pôr os jovens a trabalhar mais em função da freguesia», dado que «há uma crescente população idosa e os mais jovens estão a sair, fazendo com que haja uma residência mínima de jovens cá na freguesia».

Caixa multibanco faz falta

A freguesia da Madalena do Mar tem falta de uma caixa multibanco. Quem o afirma é Teresa Pereira e Maria José Silva, duas habitantes da referida freguesia que a nossa equipa de reportagem foi encontrar na Estrada do Torreão.

Segundo ambas, já se justificava a instalação de um equipamento destes na Madalena, como uma forma de evitar que as pessoas tenham de se deslocar à Ponta do Sol sempre que queiram levantar dinheiro.

Por outro lado, referem que a freguesia precisa de um lar de terceira idade, pois «é muito difícil cuidar de uma pessoa idosa».

A rede viária também merece os comentários destas duas habitantes da Madalena do Mar.
Satisfeitas com a abertura de novas estradas, não deixam de falar no futuro viaduto de ligação entre a Ponta do Sol e o Arco da Calheta, referindo que seria bom que a freguesia fosse contemplada com uma saída.

Rega garantida

A Junta de Freguesia da Madalena do Mar terminou, recentemente, de recuperar uma levada que vem desde o fundo da Ribeira da Madalena até à zona alta da freguesia, onde a água é depois direccionada para os diversos poços e outras levadas. Sandra Teixeira diz que neste âmbito as principais infra-estruturas estão recuperadas, pelo que os agricultores irão dispor de boas condições para regar já este Verão.
JM 26/05/08

Anúncios

%d bloggers like this: