Infantis da A. D. Pontassolense

Embora apenas 30 estejam oficialmente inscritos, no total são mais de quarenta os miúdos que fazem parte da equipa de infantis do Pontassolense.

Treinam três vezes por semana, tentando apurar habilidades e convencer o treinador de que merecem uma oportunidade de fazer parte da equipa que sábado após sábado vai defendendo a camisola do clube pelos campos da Região.

Na competição de sete, primeira da temporada para este escalão, foram mais as vitórias do que as derrotas, o que dá um alento maior a toda a gente para a segunda parte da época: o futebol de onze.

O trabalho é completamente diferente porque o campo tem o dobro do tamanho, e as balizas também, mas nem isso lhes diminui o entusiasmo.

Pelo contrário, pois afinal de contas o que todos querem é jogar e têm aqui mais uma boa oportunidade para mostrar talento.

E por falar em talento, isso pelos vistos é coisa que não falta por aquelas bandas.

Henrique, João Pedro e Nélio Relva são nomes a reter, e especialmente neste último caso bem se pode dizer que ‘filho de peixe sabe nadar’. Nélio Relva ‘pai’ foi jogador de sucesso nos escalões de formação, tendo-se mesmo sagrado campeão da Madeira de juniores enquanto jogador do Nacional.

Ganhar campeonatos é coisa em que não se pensa na Ponta do Sol, pelo menos por enquanto, mas porque o objectivo primeiro é formar, o título de campeões do empenho e do entusiasmo ninguém tira a esta equipa.

Em cima da esquerda para a direita: Pinto (colaborador), Amaro, Maurício Loreto, Victor, Mário (fisioterapeuta), Micael, Adérito (treinador). Em baixo: Hélder Loreto, Fernando, Francisco, Octávio, Henrique, Nélio Relva e Duarte Silva.

DN: 14/04/2008

Advertisements

%d bloggers like this: