Câmara Ponta do Sol aprovou subsídios às Associações

dn0401100201.jpgO executivo liderado por Rui Marques, presidente da Câmara Municipal da Ponta do Sol, decidiu em reunião de Câmara, aprovar a atribuição dos montantes anuais às diversas associações culturais e desportivas do município. Ao todo, a fatia reservada para as 10 colectividades/entidades atinge os 271.500 euros.

Rui Marques explicou que no âmbito dos protocolos existentes entre a autarquia e as agremiações existem princípios que determinam ano após ano as respectivas subvenções. Ou seja, o autarca recorda que “o aumento das verbas resulta dos êxitos, assim como o decréscimo é a consequência de ano menos positivo”, referiu.

As verbas servem no âmbito desportivo sobretudo para apoiar as camadas jovens e a sua formação, numa simbiose título/dinheiro bem evidente conforme se poderá constatar do objectivo central do protocolo que a autarquia estabeleceu.

cartaz2.jpgCaberá aos dirigentes e atletas das respectivas colectividades apresentar no próximo ano resultados que permitam arrecadar simultaneamente títulos e dinheiro. Neste particular, o autarca salienta que “as associações do concelho têm vindo a desempenhar um papel importante não só da divulgação do nome do município, bem como conseguido êxitos importantes para a Ponta do Sol”. A Associação Desportiva Pontassolense é aquela que está destinado a verba superior (80 mil euros), um acréscimo relativamente ao ano transacto, na medida que o clube sagrou-se campeão de regional de futsal e ainda campeões na modalidade de Badminton, no escalão de juniores. A Associação dos Bombeiros Voluntários da Ribeira Brava, pelos serviços de socorro que presta aos munícipes da Ponta do Sol caberá cerca de 94 mil euros, uma atribuição que segundo Rui Marques, “resulta dos critérios definidos na resolução do Governo Regional”.

DN 25/01/2008

Anúncios

%d bloggers like this: