Incêndio na área florestal – Pomar Dom João e a Mourarinha

O incêndio em área florestal que esteve activo na Ponta do Sol, entre o sítio do Pomar Dom João e a Mourarinha, desde a passada sexta-feira, foi ontem de madrugada dado como extinto naquelas serras de difícil acesso.

Desde a manhã de sexta-feira que este incêndio devastou uma densa área de pinheiros e de eucaliptos, aproximando-se de algumas casas sem que houvesse necessidade de fazer a evacuação de pessoas.

Este incêndio foi combatido pelos bombeiros da Ribeira Brava, com cerca de dez homens e três carros, sendo apoiados inicialmente pelos bombeiros da Calheta com um auto-tanque e pela Polícia Florestal e, já no final, pelos Bombeiros Voluntários Madeirenses com quatro homens e uma viatura. De salientar o apoio de populares na acção de combate aos fogos. Refira-se que esta última corporação avançou para o local por volta das 19 horas de sábado como medida de prevenção a várias residências, durante a noite, regressando ao quartel por volta das quatro horas, à semelhança das restantes corporações.

Ontem de manhã, os bombeiros da Ribeira Brava procederam a acções de reconhecimento nos locais afectados com vista a prevenir reacendimentos. JM também esteve no local, no sítio da Mourarinha e constatou muita lixeira, carcaças de electrodomésticos e de viaturas atiradas pelos barrancos através de um caminho de terra batida no meio daquela florestação.

Sob investigação

A Direcção Regional da Protecção Civil e a de Florestas, através da Polícia Florestal, estão a colaborar activamente com o Departamento de Investigação Criminal da Polícia Judiciária para o esclarecimento de vários incêndios suspeitos que nos últimos dias assolaram a Calheta, Ribeira Brava e Ponta do Sol. Actualmente estão em curso várias investigações, nomeadamente na freguesia da Ponta do Pargo.

JM – 11/11/2007

Advertisements

%d bloggers like this: