Núcleo histórico da Ponta do Sol “às moscas”

O encerramento da estrada que fazia circular automóveis no centro da vila da Ponta do Sol resultou num decréscimo do movimento de pessoas.

Os comerciantes queixam-se de nada ter sido feito para atenuar o impacto e até apresentam propostas.

Uma das soluções apontadas passaria por sinalizar os atractivos do centro histórico da vila com a afixação de sinalética adequada, a partir da rotunda do Quinto Centenário, à semelhança do que já acontece, aliás, na praia. O roteiro da vila histórica incluiria ainda o cais da Ponta do Sol, a Igreja Matriz e o Museu John dos Passos.

Outro factor que afasta os visitantes do centro da vila é, na opinião dos comerciantes, a casa paroquial que se apresenta num estado lamentável de conservação. Dizem que a demolição do imóvel, situado entre o hotel da marginal e a nova residencial em construção, permitiria criar um novo acesso ao interior da vila, que se apresentaria assim mais convidativa.

Roberto Varela – DN 01/10/07 

Anúncios

%d bloggers like this: