Novo deslize da A.D. Pontassolense

Avanca, 2 Pontassolense, 0

Perante o seu público e frente a uma das boas equipas deste campeonato, o Avanca teve pelo seu lado a vantagem de marcar cedo, o que acabou por complicar a tarefa à equipa madeirense que ainda não tinha (entrado) no jogo, vendo-se em dificuldades acrescidas.

No entanto, acabou por ser uma equipa sempre com vontade de ‘remar contra a maré’, só que seria novamente a equipa do continente a aumentar o marcador, agora por Cerqueira que, perante o guardião madeirense, não enjeitou o golo.


Constituição das equipas
Avanca:
Ruka, Migute, Ricardo Miguel, Mesquinha, Mané, Mark Vale, Ladeira, Nélson, João Paulo (hugo Santos, 89), Cerqueira (Bruninho, 40), Mesquinha II (Magno, 90)

A.D. Pontassolense: Cleiton, Diogo, Humberto, Paulo Pereira, Rúben, (Josivan, 58), Gleibson, Glauco, Mário (Nélson,85), Zeca, (Edu, 68), Hugo Gomes, Adriano,
O árbitro Pedro Maia realizou um trabalho seguro a merecer nota positiva.

Marcadores: Nélson (5), Cerqueira (29)
Opiniões


Nazih Handem (treinador do Avanca):
“Sabíamos que não seria um jogo fácil, frente a um adversário forte. Contudo, soubemos ultrapassar algumas dificuldades, e o golo madrugador deu alguma tranquilidade à equipa, que conseguiu gerir a vantagem até final.

Conseguimos uma vitória que tem tanto de justa como merecida.

João Luís (treinador do Pontassolense): “Reconheço que não entrámos bem no jogo, pois levámos um golo ainda a frio. Tudo fizemos para alterar o resultado, não foi possível. No final há que dar os parabéns ao Avanca que acabou por ser um justo vencedor. Há que continuar a trabalhar”.

DN 03/09/07

Advertisements

%d bloggers like this: